Chuvas de estrelas – meteoros

Na madrugada da sexta-feira 13 de Agosto de 2010, tivemos um pequeno espetáculo de meteoros, para afastar qualquer supertição pessimista e macabra da sexta-feira 13 de Agosto. Eu estimo (eu não estava acordado)  com base nos dados e modelos atuais que no sudeste sem nuvens um madrugante pode  observar uma dúzia de rastros dos meteoros. O pico de choque destes objetos com a atmosfera terrestre deve ter sido de 10 eventos na hora antes do nascer do Sol.

Os moradores do hemisfério Norte tiveram um show com uma ordem de magnitude maior. Devem ter tido pico de 70 eventos em uma hora.

Quem já teve a oportunidade, e a frustração, de ver um rastro no céu sabe que é algo rápido. “Olha ali. O que, onde? Já passou!” A dica para esta ocasião era olhar pro norte ao final da madrugada antes do amanhecer.

O fotógrafo do Reino Unido disponibilizou a seguinte foto de uma “estrela cadente”

13 - August - 2010 -- Shooting Star

Saiba mais sobre os meteoros no CosmoBrain

Veja também a compilação da W1TV