Dois prêmios de matemática, duas medidas.

John Tate, prêmio Abel de 2010
John Tate, prêmio Abel de 2010

O prêmio Abel de matemática de 2010 vai para John T. Tate, em reconhecimento a sua enorme e duradoura contribuição para a teoria dos números.

Tive a oportunidade de assistir alguns de seus seminários na University of Texas at Austin. Os departamentos de Física, Matemática e Astronomia compartilhavam o mesmo edifício e por causa disto eu via o prof. Tate com certa freqüência, pelos corredores e elevadores e sempre me parecia cordial e simpático.

O outro prêmio anunciado neste mês é o do Milenium, oferecido a Grigoriy Perelman pelo Instituto Clay por ter resolvido um dos grandes problemas do milênio, a saber, a conjectura de Poincaré. No entanto o Perelman recusou, mais uma vez, o prêmio. Não há justificativas racionais para a atitude anti-social deste matemático brilhante. Há quem diga que bastaria uma psicoterapia para permitir o convívio social de Perelman. Imaginem a quantidade de pessoas, entidades filantrópicas (ou não) que gostariam de receber um milhão de dólares. Ouvi dizer que o Partido Comunista pediu ao Perelman que recebesse o dinheiro e doasse ao PC, mas pode ser apenas boato.

Grigoriy Perelman recusou dois prêmios de matemática
Grigoriy Perelman recusou dois prêmios de matemática

Coincidência ou não, estes dois prêmios anunciados reconhecem o trabalho de dois gênios da matemática moderna que têm personalidades e valores culturais muito distintos um do outro.

E antes que façam a correlação qualquer correlação entre genialidade e excentricidade, eu acho que o Perelman é um gênio na matemática APESAR dos seus distúrbios psico-sociais.

Uma opinião sobre “Dois prêmios de matemática, duas medidas.”

  1. Gostei do site e do artigo.
    Gostaria de ver uns posts teus no forum que está na minha assinatura.
    Caso pretendas, tambem posso fazer parcerias de troca de links.
    Sucesso para o teu sitio na net.
    Parabens pelo post

Os comentários estão desativados.