Poluição reduz o nascimento de bebês do sexo masculino?

hipótese ou tese?

Estudo feito pela USP e Fundação Oswaldo Cruz mostrou que a poluição atmosférica, a fuligem da queima da cana-de-açúcar e o uso de agrotóxicos nas lavouras têm reduzido o número de nascimentos de bebês do sexo masculino. A hipótese levantada pelos especialistas é de que as substâncias químicas presentes nesses poluentes alterem o mecanismo de regulação de liberação dos hormônios ovarianos e inibam a fabricação de espermatozóides que carregam o cromossomo Y (que determina o sexo masculino).

via ISTOÉ – Independente.

Capa da Isto é

Infelizmente a pequena chamada na revista começa com uma afirmação e só depois diz que é uma hipótese de pesquisa.  [Eu adicionei o ponto de exclamação no título e o negrito no texto]. Aliás, um erro muito comum na divulgação de ciências é este: noticiar como tese o que é hipótese.