LHC: Acelerador de Prótons e Núcleos

O que é o LHC?

Diagrama do LHC
Diagrama do LHC

O LHC (Large Hadron Collider) o grande acelerador de hadrons,  está sendo conhecido como a máquina do Big Bang porque os cientistas querem recriar as condições de temperatura e densidade extremas similares àquelas que existiram logo após o Big Bang. Consiste de um enorme túnel circular  (27 km de circurnferência) subterrâneo (média de 100 metros abaixo solo). O LHC é um dos experimentos do CERN, onde a internet foi inventada! Watch the 3minutes video.

O que o LHC faz?

Acelera prótons ou núcleos atômicos (íons de chumbo), que são partículas com carga elétrica, usando campos elétricos para acelerar e magnéticos para colimar, até a velocidades muito próximas do limite, que é a velocidade da luz. Um feixe vai acelerar e rodar em uma direção no anel e outro vai rodar em direção oposta. Quando os dois feixes de hadrons estiverm “no ponto”, elas entrarão em rota de colisão e BANG.

Um magneto do LHC
Um magneto do LHC

Pra que serve o LHC?

Nos momentos de colisão, as forças elétricas e nucleares devem ser tão intensas que partículas podem ser criadas. Um dos objetivos do LHC é encontrar partículas que ainda não tinham sido observadas. Inclusive uma partícula que os teóricos prevêem que deve existir nestas condições, o bóson de Higgs.

É seguro?

Sim! Só não pode ficar dentro do anel, obviamente.

A imprensa veiculou notícias de que o experimento poderia criar mini buracos negros que poderiam engolir todos nós, ou que haveria uma explosão nuclear sem controle, ou seríamos fritos por raios cósmicos que o LHC criasse etc. Pura histeria!

Por que parou? Parou por que?

O acelerador iniciou a operação de criar, acelerar e colimar um feixe de prótons no dia 10 de Setembro. Foi inaugurado com pompas e tudo, mas um feixe sozinho tinha o objetivo de fazer testes mais precisos e ajustes se necessário. Ele parou por causa de um vazamento de Hélio líquido em um dos magnetos ou imãs  durante alguns testes. Nem feixe havia.  Read the press release.

Os quase dez mil magnetos que geram o campo magnético (veja foto acima de um deles) no interior do anel usam fios super-condutores que devem ser mantidos resfriados a temperatura de Hélio em regimes de super-fluidez, próximo ao zero absluto. A corrente elétrica em um magneto destes chega a 5 TeV. Se os fios do magnetos sairem do regime de super-condutores, eles rapidamente aquecem e a corrente deve ser terminada imediatamente.

Vale a pena?

O LHC envolve milhares de cientistas, levou uns 20 anos para construir e custou mais de dez mil bilhões de dólares. Vale a pena? Os físicos acham que sim pois o custo é uma fração ínfima do PIB mundial e pode trazer alguns dados do Universo em que vivemos e quem sabe entender um pouco mais da matéria escura que o domina.

UPDATE:
Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “Charges.com.br“, posted with vodpod

6 opiniões sobre “LHC: Acelerador de Prótons e Núcleos”

  1. olha eu tenho 16 anos e gostaria mesmo de saber se vale apena
    arriscar a humanidade o nosso futuro muitas pessoas gostariam de fazer coisas antes de morrer e se nao der certo e se abrir mesmo um buraco negro eles deveriam pensar nos outros
    muitas pessoas ainda querem ter filhos dirigir e ficar velho
    elels nao tem o direito de arriscar a vida da terra, elels fazem tudo por dinheiro e fama deveriam repensar os valores o mundo viveu muito bem até agora sem saber a origem da vida na terra sem saber ao certo como foi o nascimento dos planetas,
    a vida é mais importante pq ao inves deles ficarem tentando destruir o planeta pq nao vao cuidar das familias deles dos filhos deles e deixar a vida em paz.

    Juliane. O risco que você teme, na prática, não existe.

  2. Samuel,

    Muitas pessoas acham que o LHC foi caro. Mas o custo da sua construção é apenas uma fração do que os EUA gastam com armamento anualmente.

    Que coisa, né?

  3. acho que vai ser mas um aumento no conhecimento humano, o lhc é muito pequeno para criar um buraco negro a ponto de engolir a terra ,ou o universo, chega ser besteira comparar o tamanho da explosão do big beng com o lhc, então não há nada a temer, pois eles estão trabalhando nisso há muito tempo e eles são muito inteligentes, em caso de erro, eles suspenderiam o teste.

  4. Prezado Sr. Samuel Rocha, boa tarde!!!

    Eu trabalho na Editora SM no departamento de Direitos Autorais e gostariamos de usar um texto do senhor em um livro didático.

    Por favor para e-mail posso enviar a solicitação?

    Grato

    André Luis

Os comentários estão desativados.