Previsões de medalhas nas Olimpíadas

Um estudo de economia desenvolveu uma fórmula para prever a quantidade de medalhas de um país nas Olimpíadas. Grosso modo, os economistas Bernard e Busse levam em conta a população (quanto mais gente mais chances de aparecer super atletas) o PIB (quanto mais recursos mais investimentos nos esportes) e se o país sedia as Olimpíadas ou não.

A previsão [e os números finais] para os três primeiros países (total de medalhas) é a seguinte: UPDATED

Medalhas das Olimpiadas
Medalhas das Olimpíadas
  1. Estados Unidos. 105 [110]
  2. Russia. 92 [72]
  3. China. 81 [100]

Em termos de medalhas de ouro a previsão dá vitória apertada para a China (37) Estados Unidos (36).

UPDATED. A China 51 x 36 Estados Unidos.

Usualmente, os economistas usam as estatísticas e fazem previsões ousadas sem muito fundamento. Faltam poucos dias para terminar as Olimpíadas de Pequim. Veremos se as previsões se confirmam e o quanto acertaram.

Ah sim. O Brasil. Que lugar vai conquistar? A previsão é de chegar em vigésimo lugar, com 11 medalhas no total, das quais 6 de ouro. Tá difícil.

UPDATED. Brasil, total 15, 3 de ouro.

Uma opinião sobre “Previsões de medalhas nas Olimpíadas”

  1. ah, professor. voltei aqui para rever os números… bem modelado, levando-se em consideração o número tão limitado de variáveis… deviam ter dado mais peso ao fator ‘país-sede’.

    gostei!

    Oi Ana, Mais uma vez, a China é um ponto fora da curva. Para saber se a modelagem foi boa ou não devemos fazer uma medida simples, o desvio padrão, por exemplo. Um bom exercício

Os comentários estão desativados.